News Top Stories A Reconstrução do Património: Uma Responsabilidade Partilhada
0
Igreja

Published :

A Reconstrução do Património: Uma Responsabilidade Partilhada

Na Ribeira Grande, a Igreja de Nossa Senhora da Estrela reabriu ao culto após quase cinco anos de recuperação e restauro. Este projeto, que envolveu um investimento global de 2,1 milhões de euros, contou com o apoio financeiro dos Governos central e regional, da Autarquia Ribeiragrandense e da comunidade.

Uma Intervenção Volumosa

A Igreja de Nossa Senhora da Estrela é uma das mais volumosas intervenções em igrejas nos Açores. Além desta, também as igrejas do Faial e do Pico passaram por reconstruções após o abalo sísmico de 1998.

Responsabilidade Partilhada

Susana Goulart Costa, Diretora Regional da Cultura na altura do apoio governamental, enfatizou que a reconstrução é uma responsabilidade de todos. Desde o pagamento até à realização das obras, a comunidade contribuiu de forma expressiva e empenhada.

Diálogo entre Tradição e Inovação

A investigadora destacou a importância do diálogo entre a tradição e a inovação na reconstrução de espaços de valor patrimonial. Honrar o que os antepassados projetaram enquanto se adapta às necessidades atuais é fundamental.

Equilíbrio na Recuperação

Recuperar património implica aceitar que a mudança é natural. O resultado não é uma igreja nova nem a igreja primitiva, mas sim um equilíbrio entre inovação e tradição.

Fonte: Igreja Açores

  • Reactions

    0
    0
    0
    0
    0
    0

    Your email address will not be published. Required fields are marked *