News Health/Medical Medicamentos como Ozempic Reduzem Risco de Esclerose Múltipla, Revela Novo Estudo
0
Semaglutide

Published :

Medicamentos como Ozempic são associados a menor risco de esclerose múltipla em novo estudo com dados do FDA

Por O GLOBO — Rio de Janeiro

10/04/2024 15h55

Os medicamentos Ozempic, Saxenda e Mounjaro, originalmente usados para tratar a obesidade, estão agora sob os holofotes de um novo estudo. Pesquisadores das Universidades de Nebraska, do Texas e de Washington publicaram suas descobertas na revista científica "Therapeutic Advances in Neurological Disorders".

Reposicionando Medicamentos para Tratar a Esclerose Múltipla

No estudo, os pesquisadores analisaram dados da Food and Drug Administration (FDA) dos Estados Unidos. Eles encontraram uma relação entre o uso dos medicamentos chamados de análogos de GLP-1 (à classe terapêutica à qual pertence o Ozempic) e uma incidência menor da esclerose múltipla (EM). Esses medicamentos simulam o hormônio GLP-1, atuando nos seus diversos receptores pelo corpo humano.

Benefícios e Mecanismo de Ação

No pâncreas, esses medicamentos estimulam a produção de insulina, inicialmente desenvolvidos para diabetes tipo 2. No cérebro, induzem a sensação de saciedade, e no intestino, retarda a digestão, resultando em perda de peso inédita.

Alguns dos análogos de GLP-1 incluem a semaglutida (Ozempic e Wegovy), a tirzepatida (Mounjaro), a liraglutida (Saxenda) e a dulaglutida (Trulicity).

Relação entre Obesidade e Esclerose Múltipla

Os pesquisadores basearam sua hipótese na relação entre a obesidade e a EM. Estudos anteriores demonstraram que o excesso de peso na infância ou adolescência aumenta o risco de EM. Além disso, pacientes recém-diagnosticados com EM que são obesos tendem a apresentar doença mais grave e resultados piores.

Conclusão

Os análogos de GLP-1, como o Ozempic, podem oferecer uma nova abordagem no tratamento da esclerose múltipla, proporcionando esperança para pacientes e médicos.

  • Reactions

    0
    0
    0
    0
    0
    0

    Your email address will not be published. Required fields are marked *