News Top Stories Novo Arranha-Céu em Tóquio Supera Terremotos de Magnitude 9,0
0
Arranha-céu

Published :

Novo Arranha-Céu em Tóquio Supera Terremotos de Magnitude 9,0

Por Leandro Costa Criscuolo

Publicado em 19/03/2024 às 19h06

Imagem da Mori JP Tower em Tóquio

A mais recente adição ao horizonte de Tóquio é a Mori JP Tower, um arranha-céu que se destaca não apenas por sua altura impressionante, mas também por sua capacidade de resistir a terremotos de magnitude 9,0.

Design Sísmico e Sustentabilidade

A Mori JP Tower, projetada pela empresa Pelli Clarke & Partners, está localizada no empreendimento Azabudai Hills, um novo bairro em expansão na capital japonesa. Seus 64 andares abrigam escritórios e luxuosos apartamentos, oferecendo um espaço multifuncional para trabalho e residência.

A fachada envidraçada da torre lembra a simetria de uma flor de lótus, com uma coroa de quatro "pétalas" e curvas de vidro. No entanto, sua verdadeira inovação está na estrutura interna.

Resistência Sísmica

Para enfrentar o alto risco de terremotos na região, a Mori JP Tower foi construída com tubos de aço estrutural preenchidos com concreto de alta resistência. Além disso, vários amortecedores foram instalados para reduzir a oscilação durante os tremores.

O projeto foi tão bem-sucedido que a torre pode continuar funcionando normalmente mesmo após um terremoto tão severo quanto o Grande Terremoto no Leste do Japão, que devastou a região em 2011.

Estética e Iluminação

Além de sua funcionalidade, a Mori JP Tower também se destaca visualmente. Faixas de iluminação integradas, projetadas pela empresa norte-americana L’Observatoire International, adornam sua fachada, criando um espetáculo noturno impressionante.

Embora a Mori JP Tower ocupe apenas a 134ª posição como o prédio mais alto do mundo, sua combinação de design arrojado e resistência sísmica a torna um marco notável na paisagem urbana de Tóquio.

  • Reactions

    0
    0
    0
    0
    0
    0

    Your email address will not be published. Required fields are marked *